O Manifesto

Indivíduos notáveis, como Chris Gardner, possuem três características em comum: Personalidade, Atitude e Credibilidade. Vamos propor algumas regras para que você deixe de ser um babaca reclamão e chegue exatamente onde você quer chegar:

Não fale, escute — Não esqueça da analogia dos dois ouvidos e uma boca, ouvir mais do que abrir sua boquinha cheia de dentes vai tirar você de diversos constrangimentos. Antes de perder seu tempo e, principalmente, o dos outros, pense: vale a pena dizer isso?

Não reclame, faça — Reclamar das coisas é tão efetivo quanto chá de limão contra AIDS, você só vai encher o saco das outras pessoas e ficar ainda mais estressado, aumentando o problema. Faça uma reflexão e veja o que precisa ser feito para resolver a situação, e resolva!

Pense antes — Antes de fazer qualquer coisa, seja uma pequena ação ou tomar uma grande decisão, pense! Tire o pó dessa maquininha que fica em cima do pescoço. Lembre-se que toda ação tem reação, tente antecipar as reações da sua escolha, avalie se o objetivo vale correr o risco, seja ele alto ou baixo.

Não conte com a sorte — Sorte não existe, lamento, é apenas nome que damos ao que não temos controle. Portanto, não conte com ela. Planeje as coisas até não sobrarem lacunas das quais você não tem controle. Assim você elimina todas os pontos que precisaria de sorte.

Simplifique — Essa palavra deve ser um mantra na sua vida, simplifique todos os aspectos. Vá pelo caminho mais simples, resolva os problemas pelo modo mais fácil. Não faça ou crie nada além do necessário, só vai trazer problemas e fazer perder tempo.

Seja humilde — Não imponha superioridade, assuma sua posição real e conquiste seu espaço. Escute de verdade o que os outros tem a dizer, nunca pressuponha que você já entende o que ainda nem foi dito, observe o ambiente sem arrogância. Não estar atento pode fazer você cair do pedestal.

Tenha respeito — Não ridicularize a ideia ou opinião de outras pessoas, elas tem bons motivos para pensar assim. Mesmo que não tenham, isso não é da sua conta. Sempre pense que você pode estar errado. Lembre-se que seu direito termina exatamente quando começa o do outro, respeite esse limite.

Seja você mesmo — Deixe de ser uma cópia! Entenda o que você realmente quer. Nossa tendência é seguir, isso é natural, mas as vezes é muito mais difícil tentar se encaixar ao grupo do que simplesmente ceder a si próprio. Crie você mesmo, esqueça os outros, escreva sua própria história.

Siga exemplos — Somo mais de sete bilhões de pessoas no mundo, sem contar em todas as outras que já passaram por aqui. Tudo, de uma forma ou de outra, já foi feito, tudo. Não seja inocente, busque o conhecimento e as experiências de outras pessoas. Você vai errar, mas pode evitar. O esperto aprende com seus próprios erros, o sábio aprende com os erros dos outros.

Caia na real — Sonhar é bom, ajuda a manter a sanidade e definir o que somos e o que queremos. Porém, tenha os pés no chão na hora de planejar. Tenha noção que não existe mágica, você tem que passar por todas as etapas até conseguir o que quer, se não, vai ficar chupando dedo.

De nada adianta ler tudo isso, concordar e não colocar em prática. Compartilhe, ajude, muitas pessoas precisam disso.